Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Bolsonaro justifica fim da Lava Jato: ‘Porque não tem mais corrupção no governo’


O presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) rasgou elogios à sua gestão, reconheceu que colocou fim à operação Lava Jato e justificou a atitude com o argumento de ausência de corrupção no seu governo. “Não quero acabar com a Lava Jato, eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo”, explicou Bolsonaro nesta quarta-feira (7). O presidente ainda afirmou ter “orgulho e satisfação” em fazer o comunicado. Um dos filhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, é alvo de investigação de um suposto esquema de “rachadinha” no seu gabinete quando exercia o cargo de deputado estadual do Rio de Janeiro na Alerj. O ex-assessor de Flávio, Fabrício Queiroz, está preso e foi localizado no sítio do advogado Frederick Wassef, que tem ligação com a família do Presidente. Investigações também apontam depósitos de Queiroz na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro no valor de R$ 89 mil. Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro, também já foi citado em investigações de supostos esquemas de rachadinha. (Bahia Notícias)