Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Damares vai processar Ciro Gomes após sofrer ofensas


A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, vai processar o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, por ter sido ofendida por ele, entre outras palavras, como “bandida nazifascista”. Segundo informações da coluna Radar, da revista Veja, a equipe de Damares já separou o material para ingressar com a ação contra Ciro. O conteúdo seria um vídeo recente em que Gomes ataca a ministra com diversas acusações, entre elas a de que Damares teria como funcionário um homem que se envolveu no motim policial ocorrido no Ceará. Durante o ocorrido, o irmão de Ciro, o senador Cid Gomes, foi baleado ao tentar derrubar a entrada um quartel com uma retroescavadeira. Na gravação, o político fala ainda da ligação entre a ativista Sara Winter e a ministra. – Essa bandida dessa Damares, que eu sei bem o que estou dizendo, é uma bandida nazifascista. É uma bandida. Sabe essa nazistinha [Sara Winter] que financia esse acampamento 300 [do Brasil], tudo uma coisa copiada dos neonazistas da Ucrânia. Essa menininha era assessora da Damares. O cara que veio insuflar as milícias aqui, que deram um tiro no peito do meu irmão, era funcionário da Damares – diz Ciro, no vídeo. Paulo Moura/Pleno News