Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

terça-feira, 7 de abril de 2020

Ipiaú, Ibirataia, Barra do Rocha e Itagibá somam 14 casos confirmados de coronavírus


O crescimento de casos confirmados do novo coronavírus acende o alerta na microrregião. Até a manhã dessa terça-feira (07), 14 casos já foram confirmados: 5 em Ipiaú, 3 em Itagibá, 3 em Ibirataia e outros 3 em Barra do Rocha. Em comum, além de serem próximas e Ipiaú está no centro, os primeiros casos das cidades vizinhas tiveram origem no Hospital Geral de Ipiaú. Acredita-se que o número de pessoas contaminadas seja bem maior, já que alguns resultados de casos suspeitos enviados ao LACEN ainda não foram analisados. Outra situação a analisar são os casos suspeitos que aguardam a realização dos referidos testes. Prefeituras desses municípios, por meio das Secretarias de saúde e Vigilâncias Sanitárias, têm se esforçado para impedir a disseminação da covid-19 e decretaram diversas medidas com o objetivo do isolamento social, no entanto, o ritmo de transmissão do coronavírus na microrregião continua alto, já que uma grande parte da população desses municípios não seguem as orientações. Apesar do governo do Estado já se mobilizar para o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipiaú, que deve servir como triagem para casos suspeitos nos municípios da região, estima-se que, caso não seja controlado o contágio, o número de leitos será insuficiente com a demanda de pacientes. Segundo um relatório divulgado na manhã dessa terça-feira (07), o Brasil terá pico de Covid-19 em abril e maio, e vírus deve circular até meados de setembro, afirma o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e especialistas em relatório técnico. Especialista apontam para um iminente colapso nas unidades hospitalares  do país. Para evitar as previsões catastróficas é essencial seguir as recomendações de isolamento social, higienização das mãos e uso de máscaras ao sair para às ruas. (Giro Ipiaú)