Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Número de famílias brasileiras endividadas cresce em julho pela primeira em 8 anos


Uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que o percentual de famílias brasileiras endividadas cresceu no mês de julho. O aumento ocorreu pela primeira vez desde que a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic Nacional) foi iniciada, em janeiro de 2010. De acordo com a CNC, no mês de junho o índice de famílias brasileiras com dívidas era de 58,6%, e em julho esse número passou para 59,6%. A Confederação considera o cartão de crédito um dos principais motivos de endividamento, levando em conta que 77% das pessoas endividadas afirmam ter contas a pagar nessa modalidade. O cartão de crédito tem os maiores juros do mercado, e por esse motivo o índice de endividamento da modalidade é alto. Em seguida, vêm os carnês (13,9%) e, em terceiro lugar, o financiamento de carro (10,6%). O financiamento da casa foi mencionado por 8,6%. Segundo os dados da CNC, 13,2% das famílias se dizem muito endividadas, enquanto 22,6% disseram estar ‘mais ou menos’ e 23,8% declararam ter poucas dívidas. (Estadão)