Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

quarta-feira, 28 de março de 2018

Leur Lomanto Jr. vai deixar o PMDB e tentar uma vaga na Câmara Federal


A saída do deputado estadual Leur Lomanto Jr., comunicada ao presidente Lúcio Vieira Lima nesta semana, é mais uma baixa nas fileiras do PMDB baiano. Desgastado pela prisão de sua principal liderança, Geddel Vieira Lima, em meio à disputa por recursos de campanha, o partido deve perder até abril todos os deputados estaduais. Os parlamentares usarão a janela partidária para mudar de ares sem ter seus mandatos ameaçados por infidelidade partidária. No caso de Leur, a desfiliação é dada como certa pelo deputado, que se pronunciou através de sua assessoria. ”Em minha história política fui filiado apenas ao MDB, onde permaneci por dezessete anos. Agradeço o espaço alcançado e a confiança do meu eleitorado, que me acompanhou durante esse período. É um ciclo que se encerra e outro que começa. Chegou o momento de partirmos juntos para uma nova caminhada”, afirmou. Leur pretende se candidatar a Câmara Federal, e deve ser filiar ao DEM do prefeito de Salvador, ACM Neto, caso o demista decida pela candidatura ao Governo do Estado. Em entrevista a Rádio Itapoan FM, nesta terça-feira, Lomanto admitiu que o Democratas é uma das alternativas partidárias.