Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Lula afirma que, caso seja candidato, ‘não vai sobrar uma vaga pro segundo turno’


Confiante, mesmo com a possibilidade de ser impedido de concorrer à Presidência da República, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou na quinta-feira (22) que, caso seja candidato, “não vai sobrar uma vaga pro segundo turno". A declaração foi dada em um evento que celebrou os 38 anos de fundação do PT, ocorrido em São Paulo. Na fala, ele destacou as pesquisas que o colocam em primeiro lugar isolado nas intenções de voto para as eleições deste ano. "Nenhum banqueiro quer que eu dispute as eleições. Nenhum jornal quer que eu dispute. Eles sabem que se eu for candidato não vai sobrar uma vaga pro segundo turno", afirmou. O ex-presidente ainda disse que o partido vai resistir à crise de imagem que vive atualmente por causa do envolvimento de lideranças históricas em crimes de corrupção, caso do próprio Lula. "Esse partido não tem que ter medo de nada do que está acontecendo conosco. Não temos que temer, estamos sendo testados", salientou.