Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

segunda-feira, 31 de maio de 2021

Irajuba: Homem é preso acusado de tortura a companheira e mantê-la em cárcere privado

Um homem identificado pelas iniciais E.S, morador da rua nova no povoado Km 70, município de Irajuba, no sudoeste do estado, foi preso pela Polícia Militar na noite da última quinta-feira (27), em sua residência, após a própria companheira relatar a mãe um pedido de socorro em decorrência das agressões sofridas pelo homem.

Segundo informou a Polícia Militar ao repórter Mateus Oliver, o homem já é reincidente na prática criminosa contra a esposa, e tem duas passagens oriundas dos anos de 2018 e 2020 pelos crimes de ameaça, agressão e tentativa de feminicídio. A secretaria de Segurança Pública afirmou que em apuração ao caso, foi constatado que o acusado vai além em suas agressões “Ele bate nela, a queima com objetos quentes a exemplo de facas e talheres, faz necessidades sanitárias na boca da vítima, introdução de objetos no corpo da mesma, dentre outras agressões”, afirma a Polícia que vai além “é coisa de bicho” concluiu.

De acordo com informações da equipe que efetuou a prisão do acusado, a polícia só conseguiu ter informações sobre o caso e chegar ao local, após a vítima conseguir pedir socorro à mãe pelo celular, a qual acionou a guarnição que de pronto constatou a denúncia e prendeu em flagrante o criminoso.

No local em que aconteceu a prisão, a polícia apreendeu diversas embalagens de bebidas já consumidas, uma faca que segundo a autoridade, era esquentada no fogo e pressionada na vítima, diversos pinos de cocaína já consumidos, R$ 142,00 em espécie, uma carteira e um celular.

Para a polícia, a vítima afirmou que estava sendo mantida em cárcere privado e que não se alimentava há aproximadamente 5 dias. Ela apresentava vários hematomas pelo corpo como queimaduras, ferimentos leves e dois cortes profundos; um em uma das pernas e outro no ombro esquerdo. O acusado tem dois filhos com a vítima, que segundo afirmou a polícia, em uma das ocorrências E.S quebrou a perna de uma das crianças e desta vez teria tentado esganar o filho caçula do casal. O homem se encontra preso e aguarda decisão da justiça encarcerado em Irajuba.