Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Petroleiros na Bahia suspendem greve após reabertura de negociação com Petrobras


O Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA) anunciou, no início da noite desta quinta-feira (18), a suspensão temporária da greve iniciada durante amanhã. Os manifestantes realizaram um ato em São Francisco do Conde, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), contra a anunciada privatização da Refinaria Landulpho Alves (Rlam). A suspensão da greve foi decidida pelos petroleiros após a comunicação enviada pela direção da Petrobras ao Sindipetro informando o desejo de reabrir a mesa de negociação com a entidade sindical.Coordenador do Sindpetro-BA, Jairo Batista explicou que, caso não haja avanços nas negociações, haverá a deflagração da greve numa nova data. “Para realizar uma greve legal é preciso haver um impasse negocial. E diante do comunicado da Petrobras externando sua vontade de exaurir a negociação, o sindicato, aconselhado, inclusive, por sua assessoria jurídica, decidiu pela suspensão da greve e pelo retorno à mesa de negociação”, declarou. Desta forma, segundo o sindicato, o estado de greve está mantido. O grupo reforça que a decisão de suspender o movimento paredista é uma tentativa de avançar na pauta de reivindicações da categoria, especialmente no que diz respeito aos trabalhadores da Rlam, que alegam viver um clima de “insegurança e apreensão” devido ao anúncio da venda da refinaria ao Fundo Mubadala, de Abu Dhabi. *Com informações do Bahia Notícias