Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sábado, 20 de fevereiro de 2021

Justiça determina prisão preventiva de acusado de agredir companheira grávida em Ipiaú; bebê não resistiu


O homem acusado de agredir a sua companheira gestante no bairro Vila Irmã Dulce, caso ocorrido na última quarta-feira (17) e divulgado pelo GIRO, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça da Comarca de Ipiaú, após representação da Polícia Civil. Mesmo ao ser preso em flagrante por policiais militares, ele foi solto por decisão judicial. A mulher foi socorrida inicialmente para o Hospital Geral de Ipiaú e em seguida transferida para Jequié. De acordo com a Polícia Civil, o bebê não resistiu. O delegado Rodrigo Fernando comentou o caso: “Mesmo com a impossibilidade de ouvir a vítima, foi lavrado o procedimento de flagrante, em desfavor do conduzido, que após decisão judicial foi concedido alvará de soltura, com a imposição de medidas protetivas. Todavia, a Polícia Civil deu continuidade às diligências necessárias para o andamento do procedimento, e verificou que a vítima estava gestante de aproximadamente 07 semanas, o que por si só qualifica o crime. Em ato contínuo, a autoridade policial impetrou representação por Prisão Preventiva, em desfavor de Éric Santana de Albuquerque, a qual foi deferida pelo Poder Judiciário e cumprida pelo Setor de Investigação da Polícia Civil de Ipiaú”, disse o delegado. O homem, pai do bebê, contou na delegacia que estava ingerindo bebida alcoólica e após uma discussão com a companheira acabou empurrando-a. A vítima apresentava diversos hematomas no corpo, inclusive na barriga. A mulher segue internado no Hospital Geral Prado Valadares. Éric está custodiado no Complexo Policial de Ipiaú e deve ser transferido para o Conjunto Penal de Jequié. “Em menos de uma semana é o segundo mandado de prisão cumprido envolvendo casos de violência doméstica de grande repercussão na cidade. Esperamos com isso, contribuir para moralização e diminuição do número de casos de violência doméstica que vem em ascendência na cidade, nos últimos tempos”, finalizou o delegado Rodrigo Fernando. *Redação/Giro Ipiaú