Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Bahia caminha para ultrapassar nas próximas semanas o pior mês da pandemia, diz Rui


Com a pressão nas unidades de tratamento contra a Covid-19 e o aumento no número de casos e mortes em decorrência das complicações da doença, a Bahia caminha para ultrapassar o pior momento da pandemia desde março do ano passado, quando os primeiros casos do vírus foram identificados. Na avaliação do governador Rui Costa (PT), se os números continuarem a crescer diariamente o estado ultrapassará nas próximas três semanas o mês de julho em números de casos ativos e de mortes diárias. “Em três semanas vamos ultrapassar o pior momento da pandemia, onde nós tivemos 30 mil casos ativos e um pouco mais de 70 mortes por dia. Já estamos no patamar de 60 óbitos por dia e em uma curva muito ascendente de crescimento de casos”, informou o governador em entrevista à TV Record Itapoan nesta quarta-feira (17). Foi pensando em evitar isso que o estado, segundo ele, decidiu adotar o toque de recolher que passa a valer nos próximos sete dias, inicialmente das 22h às 05h, mas com a possibilidade de ampliação desse horário. “É para que não haja aquela convivência social mais vinculada a bebida alcoólica e o contato de pessoas sem máscaras, e com isso a contaminação de mais pessoas. Ao mesmo tempo, isso deve servir de um grande alerta de que estamos na maior pandemia dos últimos 100 anos”, completou Rui.