Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sábado, 12 de dezembro de 2020

Vereador eleito e irmão são presos por agiotagem, extorsão e crime eleitoral na Bahia


Dois irmãos foram presos em flagrante suspeitos de cometerem crimes eleitorais, agiotagem e extorsão, na cidade de Inhambupe, a cerca de 150 km de Salvador. Um deles é o vereador eleito em novembro deste ano, Egnaldo Nascimento de Araújo, conhecido como Cabeludo de Zé de Zica (MDB). As prisões foram feitas no início da manhã de quinta-feira (10). Segundo informações da Polícia Civil em Inhambupe, os irmãos foram levados para a delegacia da cidade após suspeita de participação em uma associação criminosa especializada na pratica de corrupção eleitoral, apropriação indébita de cartões bancários, cartões de benefícios sociais e documentos de terceiros. A polícia afirmou que documentos apreendidos com o vereador eleito e o irmão dele comprovam a participação dos dois em várias prática criminosas, como ameaças, coações, extorsões, inclusive contra idosos. Conforme registrado no boletim de ocorrência, algumas vítimas foram encontradas após pertences delas, como cartões bancários, do Bolsa Família e da Previdência Social serem apreendidos. Os policiais também encontraram contratos particulares de compra e venda de imóveis das vítimas. Além disso, de acordo com a polícia, os suspeitos também estavam com documentos pessoais, contrato particulares de compra e venda, e escrituras públicas. No local onde os irmãos foram presos em flagrante, também foram encontradas duas malas cheias de documentos e uma sacola infantil cheia de dinheiro. O valor não foi divulgado. De acordo com a polícia, também foi cumprido um mandado de busca e apreensão expedido pela zona eleitoral de Inhambupe. Durante a ação, um cofre, que estava vazio, também foi apreendido. (G1)