Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

quarta-feira, 20 de maio de 2020

Tomar cloroquina contra Covid-19 é perigoso, alerta Sociedade de Infectologia


A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) divulgou nota, nesta segunda-feira (18), na qual declarou que o uso da cloroquina contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, “não apenas carece de evidência científica” como é “perigoso, pois tomou um aspecto político inesperado”. Segundo a nota, o uso do medicamento para tratar a Covid-19 “vem na contramão de toda a experiência mundial e científica com esta pandemia.” A cloroquina é normalmente utilizada para tratar malária e doenças autoimunes, como lúpus. “A escolha desta terapia, ou mesmo a conotação que a COVID-19 é uma doença de fácil tratamento, vem na contramão de toda a experiência mundial e científica com esta pandemia. Este posicionamento não apenas carece de evidência científica, além de ser perigoso, pois tomou um aspecto político inesperado”, diz a nota da SBI. A entidade cita um estudo feito com 150 pacientes, divididos em dois grupos: um recebeu hidroxicloroquina e o outro, não. A pesquisa, diz a SBI, apontou que “não houve diferença quanto à evolução dos pacientes que usaram ou não esse fármaco, mas vários efeitos adversos relacionados ao uso de hidroxicloroquina foram relatados nos pacientes em uso desse medicamento”.