Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

quinta-feira, 23 de abril de 2020

TRF-4 mantém julgamento virtual do recurso de Lula no processo do sítio de Atibaia


O relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador João Pedro Gebran Neto, negou o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de adiar o julgamento do recurso contra condenação no caso do sítio de Atibaia, na quarta-feira (22). A sessão, pela 8ª Turma, deve ocorrer de forma virtual entre os dias 27 de abril e 6 de maio. Ao G1, o advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin, informou que vai recorrer da decisão. “A realização do julgamento neste momento, após termos informado ao tribunal que estamos realizando diligências para obter relevantes provas de nulidade do processo, mostra que não há interesse na apuração da verdade, mas apenas o de impor novas condenações ao ex-presidente Lula. Reforça esse cenário a transformação do julgamento em virtual, pois nessa modalidade não há debate entre os julgadores, mas apenas o depósito de votos dos julgadores durante certo período, impossibilitando que os advogados de defesa possam realizar qualquer esclarecimento de fato ou intervenção”, afirma Zanin.