Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

terça-feira, 14 de abril de 2020

Mandetta ‘cruzou a linha da bola’ e ‘merecia cartão’, diz Mourão


O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta terça, 14, que o ministro da Sáude Luiz Henrique Mandetta “cruzou a linha da bola” na entrevista no domingo ao Fantástico, da TV Globo. Mandetta disse que a população não sabe se deve acreditar nele ou no presidente Jair Bolsonaro. “Acho que ele cruzou a linha da bola. Não precisava ter dito determinadas coisas”, disse Mourão, primeiro convidado da série Estadão Live Talks com Alberto Bombig, editor da Coluna do Estadão, Eliane Cantanhêde, colunista do Estado, e Tânia Monteiro, repórter da Sucursal de Brasília. Ao Fantástico, no domingo, o ministro da Saúde cobrou uma fala única do governo nas orientações sobre o enfrentamento do novo coronavírus. “O brasileiro não sabe se escuta o ministro da Saúde, o presidente, quem é que ele escuta”, disse. Como revelou o Estado, a entrevista de Mandetta foi encarada por interlocutores e integrantes do Palácio do Planalto como uma provocação ao presidente, com quem trava uma guerra pública sobre medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.