Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Auxílio Emergencial: Baianos chegam a noite e passam a madrugada em filas da Caixa


Em mais um dia de saque do Auxílio Emergencial de R$ 600, baianos relatam terem chegado na noite do dia anterior para tentar garantir atendimento e saque do benefício. As filas próximas de agências da Caixa em Salvador e interior do estado são imensas nesta quinta-feira (30) .O cenário, em Salvador, foi de pessoas dormindo no chão e à espera de atendimento debaixo de chuva, já que choveu na capital baiana durante à noite e madrugada. Uma mulher que estava na fila no bairro de Periperi disse que chegou no local às 20h de quarta-feira (29). “Com esse dinheiro, com fé em Deus, eu vou encher meu gás hoje, vou comprar minhas coisas para dentro de casa. Estamos aí passando esse momento de sufoco”, disse. Em Periperi, as pessoas voltaram a formar imensas filas no bairro após a morte de um jovem de 21 anos que estava na fila, na tarde de quarta-feira. Ele foi baleado por homens que se aproximaram em uma moto e morreu no local. Na Rua Barão de Cotegipe, no bairro da Calçada, por volta das 3h da madrugada, já tinha gente na fila perto de uma agência da Caixa. Algumas pessoas levaram papelão e sacos para dormir na fila, em dia de chuva e em período de pandemia do coronavírus. Situação semelhante ocorreu na agência do Caminho de Areia. “Frio, chão duro, tem que dormir no frio. Passando fome e pedindo água para as pessoas”, disse um homem que estava na fila. Em Salvador também há imensas filas em agências da Caixa Econômica Federal localizadas na Avenida Vasco da Gama, Largo do Tanque e Porto Seco Pirajá. Desde segunda (27), que os baianos enfrentam filas enormes para o saque do benefício, que teve saques em dinheiro liberados para o auxílio depositado na poupança digital do banco. Esses depósitos foram feitos para os beneficiários que não recebem Bolsa Família e que não possuem conta em outro banco.