Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

segunda-feira, 30 de março de 2020

Dez famílias venezuelanos ocupam rodoviária de Feira de Santana


Cerca de dez famílias venezuelanas estão ocupando o Terminal Rodoviário de Feira de Santana aguardando a abertura para seguirem viagem para Palmas (TO). O terminal está fechado desde a meia-noite do dia 19 de março em cumprimento a um decreto do Governo do Estado como forma de inibir a disseminação do novo coronavírus em Feira e em outras cidades que já apresentam casos confirmados, na Bahia.Segundo o comerciante Ivanildo de Souza, que tem um estabelecimento na rodoviária, eles estão recebendo cestas básicas e quentinhas de pessoas da comunidade e têm o apoio da Sinart, administradora do terminal. A empresa liberou os banheiros e permitiu a permanência dos venezuelanos. “Vim aqui mesmo dá uma olhada, mas já estou fechando meu comércio. O dia a dia deles é deixar as crianças com as mulheres e sair para as ruas pedir alguma coisa. Não sei como conseguem porque não tem ninguém na rua. A Sinart manteve a segunda 24 horas no terminal e está tudo tranquilo”, disse o comerciante ao Acorda Cidade.