Facebook Youtube WhattApp73 98105-2602

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Operação da Polícia Civil cumpre mandados para desarticular esquema de crimes cibernéticos na Bahia


A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quinta-feira (06) uma operação para desarticular um esquema que fraudou contas bancárias do Distrito Federal. O prejuízo estimado é de R$ 1,1 milhão. Estão sendo cumpridos 50 mandados judiciais nos estados da Bahia, Ceará, São Paulo, Santa Catarina e Paraíba, além dos Distrito Federal.  A operação foi batizada de XCoderX, uma referência ao método adotado pelos suspeitos. As cidades e alvos dos mandados judiciais não foram divulgados. De acordo com a força-tarefa, os criminosos se passavam por funcionários de bancos e entravam em contato, por telefone, com as vítimas para alertar sobre uma suposta fraude. As pessoas eram, então, orientadas a digitar os dados da conta corrente e a senha bancária no teclado do próprio celular. Segundo a polícia, após a ligação, as vítimas eram orientadas a procurar um caixa eletrônico a fim de gerar um QR Code (código de barras), que deveria ser enviado para os criminosos por meio de um aplicativo de mensagens. Com todas estas informações, os suspeitos instalavam um aplicativo do banco em outros celulares e, a partir daí, passavam a realizar uma série de saques e transferências na conta da vítima.