Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Jovem diz que é jogador, gasta R$ 3 mil em restaurante, arma barraco e sai sem pagar


Um jovem de 26 anos bolou uma estratégia questionável para bancar o grã-fino em um restaurante de Santos, litoral de São Paulo. Segundo o G1, o “espertinho” se apresentou como um jogador de futebol, passou 13 horas no local, gastou R$ 3 mil em tudo do bom e do melhor, após armar um barraco, tentou sair sem pagar a conta. Explica-se: o plano mirabolante dele era falar que sua carteira havia sido roubada dentro o estabelecimento e que, por isso, não poderia pagar a “esbaldação”. Após fazer um auê, ele foi para a delegacia onde prestou queixa, dormiu por lá e, no final, foi exitoso pois a proprietária jamais viu a cor do dinheiro. Em entrevista ao G1, a dona do local Milena da Silva Gonçalves Bento, 34, disse que o estelionatário chegou a usar o celular de um garçom para contratar três prostitutas – que igualmente não foram pagas. Além disso, o “endinheirado de Taubaté” pagou bebidas para outros clientes do estabelecimento.