Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Hospital da Mulher atenderá mulheres vítimas de violência durante todo Carnaval


O Hospital da Mulher, localizado no Largo de Roma em Salvador, funcionará 24h por dia durante todo o Carnaval com o serviço de acolhimento a mulheres, adolescentes e trans que forem expostas a violência sexual, abusos e atos sexuais indesejados. Além de receber as vítimas por demanda espontânea, a unidade funcionará como retaguarda para receber as pacientes atendidas nos postos de saúde e de atendimento às mulheres instalados nos circuitos do carnaval. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) verificou as condições do hospital na tarde desta sexta-feira (21). A fiscalização foi realizada pelas promotoras de Justiça Renata Lazzarini, Thiara Rusciolelli e Thaiana Rusciolelli, que foram recebidas pelo diretor do hospital, Marco Antônio Andrade, e pela diretora administrativa, Havana Cavalcanti. Na ocasião, foram apresentadas informações sobre a estrutura e a equipe médica responsável pelos atendimentos. O Hospital da Mulher disponibilizou ambulância que ficará no final do circuito de Ondina para realizar o transporte das pacientes. Até a tarde desta sexta, foram realizados poucos atendimentos. A equipe do MP também visitou postos de saúde instalados na Barra, na Avenida Adhemar de Barros (Ondina), no Morro do Gato e o posto ‘Fique Sabendo’, que realiza exames de Sífilis, e verificou quantidade suficiente de leitos, equipes médicas, remédios e camisinhas nas unidades.