Facebook Youtube WhattApp73 99195-4225

sábado, 4 de janeiro de 2020

Ameaça de aumento do preço de combustíveis reativa críticas de caminhoneiros no Brasil


A ameaça de aumento do preço dos combustíveis, em razão do conflito dos EUA com o Irã, monopolizou as conversas de caminhoneiros nesta sexta (3), de acordo com o jornal Folha de S.Paulo. Lideranças da categoria de caminhoneiros acionaram ministros e querem levar as queixas diretamente ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O alvo das críticas é a política de reajustes da Petrobras e a alta do diesel nas bombas, com a qual o governo ainda não conseguiu lidar. Os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Osmar Terra (Cidadania) foram procurados pelos caminhoneiros em meio a reclamação que o preço já está alto e qualquer reajuste extra, por conta do conflito, pode entornar o caldo.