Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Jumentos podem ser extintos em quatro anos, diz juíza que proibiu abates


Pelo ritmo atual de abates, a população de jumentos do Nordeste do Brasil, onde estão concentrados esses animais, será extinta em até quatro anos. É o que afirma a juíza Arali Maciel Duarte, da 1ª Vara Federal, em Salvador, que dia 30 de novembro proibiu o abate de jumentos na Bahia, devido aos casos de maus-tratos. A decisão da magistrada, em caráter liminar (temporária), relata que, segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia, o efetivo de equídeos (equinos, asininos e muares) no Brasil teve queda de 2,7% entre 2011 e 2012. O Nordeste foi a região que registrou a maior queda absoluta (-4,7%), sendo Bahia e Pernambuco os estados que mais contribuíram para isso, com destaque para o plantel de asininos (jumentos), que teve redução de 7,4% no mesmo período.