Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Ex-prefeito de Mirante é condenado por improbidade administrativa


O ex-prefeito de Mirante, Hélio Ramos Lima, foi condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal Regional da 1° Região (TRF-1). O gestor foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de liderar uma organização criminosa que atuava na prefeitura do município do sudoeste baiano e outras cidades da região.  De acordo com o Correio, Hélio Ramos Lima foi um dos alvos da Operação Belvedere, realizada pelo MPF em 2015. Na condenação, o ex-prefeito terá que devolver mais de R$ 250 mil aos cofres públicos e teve seus direitos políticos suspensos por 10 anos. A esposa de Hélio, servidores públicos municipais, empresas e empresários também foram alvo das investigações.