Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

PM que passou mal em curso do Bope tem suspeita de morte cerebral


Um protocolo médico foi aberto para atestar a morte cerebral do soldado Rafael Tourinho de Aragão, 32 anos, que passou mal durante um curso de formação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Bahia. A informação foi divulgada pela Polícia Militar nesta terça-feira (31). Testes serão realizados para avaliar se a vítima ainda tem atividade cerebral. O resultado dos exames deve sair em 48h, conforme a PM. O soldado está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Subúrbio, em Salvador, desde a sexta (27). 

Segundo nota divulgada nesta terça pela PM, o último boletim médico diz que o quadro de saúde do militar se agravou muito nos últimos dois dias. Rafael Tourinho passou mal durante um treinamento aquático, na cidade de Simões Filho, região metropolitana. De acordo com a corporação, após a situação ele foi atendido por uma equipe médica e transportado por uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) até o hospital na capital baiana. Em nota, a Polícia Militar informou que lamenta profundamente o ocorrido e diz que, neste momento de dor, tem prestado todo o suporte necessário e se solidarizado com os familiares do militar. *Com informações do G1