Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Nove vereadores de Gandu correm risco de terem mandatos cassados


Dos 13 vereadores eleitos em 2016, mais da metade podem ter seus mandatos cassado nos próximos dias por terem incluído falsas candidatas na coligação deles, durante as eleições, para preencher a cota feminina exigida. Das 46 candidaturas femininas registradas pelos partidos, apenas duas conseguiram se eleger e outras 11 candidatas não obtiveram nem um voto sequer. As candidatas femininas que não conseguiram votos são do PT, PSB, SD, PHS, DEM, PDT, PMDB e PSDC. Outras candidatas do PTN e PRB conseguiram entre 1 e 3 votos. Caso ocorra em Gandu, o mesmo que aconteceu nessa sexta-feira (13), no município de Seabra, na Chapada Diamantina, onde três vereadores teve os mandatos cassados pelo mesmo problema, nove vereadores de Gandu, entre eles Uziel (PROS), Cicinho (PT), Gil Calheira (PSC), Gil Santana (PDT), Bilisco (PTB), Bagatine (DEM), Jr. Matos (SD), Bozó e Fábio Pinheiro (PHS) também sofrerão cassação. *As informações são do Diário Paralelo