Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bahia lidera desigualdade de renda no país, aponta IBGE


O estado da Bahia teve o maior índice de desigualdade nos rendimentos do país. É o que aponta um levantamento que comparou dados de 2016 e 2017 e foi divulgado nesta quarta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Além do crescimento da desigualdade salarial, o estudo traz outras informações, como rendimento salarial familiar e aumento da renda de trabalho para homens, brancos e idosos e outros. Com relação a liderança na desigualdade salarial, o IBGE aponta que de 2016 para 2017, o salário médio real dos trabalhadores que ganhavam menos na Bahia caiu 5,9%, ao passar de R$ 472 para R$ 444. Entretanto, o rendimento médio de trabalho de 10% dos trabalhadores que detêm os maiores salários aumentou 31,7%, passando de R$ 5.946 para R$ 7.833.