Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

terça-feira, 1 de agosto de 2017

ONG acusa vaqueiro de ter matado mais de 80 cães na Bahia


Um exterminador de cães confesso que tem certeza da impunidade. Esse seria o perfil do vaqueiro de uma fazenda da cidade de Central, no Centro Norte baiano, que, segundo uma Ong de defesa dos animais, admite já ter matado mais de 80 cachorros na região. Em alguns casos, as histórias envolvem deliberada crueldade, conforme relatam também moradores ouvidos pelo CORREIO. “Soubemos que certa vez ele amarrou uma cadela no cio e, de cima de uma árvore, ele baleava um a um os animais que se aproximavam. Além disso, fomos informados que o vaqueiro amarrou duas cadelas em sua moto e saiu arrastando-as na cidade até a morte”, afirmou a integrante da Ong Terra Verde Viva, Ana Rita Tavares. De acordo com a ocorrência registrada por maus tratos a animais na delegacia local, o motivo dos ataques é o fato de os cachorros terem, supostamente, mordido ovelhas da fazenda onde o suspeito trabalha, no povoado de Tanque Novo. A ocorrência mais recente contra Neguinho foi registrada no dia 5 do mês passado. (CORREIO)