Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

domingo, 28 de maio de 2017

Seis são flagrados em condições de trabalho degradantes na Bahia


Pelo menos seis trabalhadores foram encontrados em condições degradantes de trabalho em uma fazenda na cidade de Cardeal da Silva, a 150 quilômetros de Salvador. Um deles era mantido em condição análoga à escravidão e foi libertado. A força-tarefa da Superintendência Regional do Trabalho na Bahia foi realizada entre os dias 22 e 26 de maio, e o resultado da ação foi divulgado nesta sexta-feira (26). A fazenda cortava mata nativa para produção clandestina de carvão. Para cada saca de carvão produzido pelos trabalhadores eram recebidos apenas R$ 7, totalizando cerca R$ 200 por semana, o que não garantia o pagamento de um salário mínimo mensal. Também foi constatado pela SRTE-BA que os trabalhadores contratados possuíam dívidas com alimentação com o empregador. Um caderno com débitos foi encontrado, o que comprova a denúncia.