Facebook Instagram Youtube WhattApp73 99119-1758

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Terceirizados protestaram em frente a Prefeitura de Jequié, não existe previsão de pagamento dos salários


Com gritos de “queremos nosso dinheiro”, dezenas de terceirizados protestaram em frente ao Prédio da Prefeitura de Jequié, já são mais de 8 meses de salários atrasados e a categoria permanece em greve por tempo indeterminado. Segundo informações da Associação do terceirizados da Prefeitura de Jequié, uma reunião foi agendada para segunda feira (19), mas os representantes da Prefeitura não compareceram. Revoltados, o grupo retornou na manhã de hoje, mas o Secretário da fazenda, Maxuel, não atendeu novamente os manifestantes. A reportagem do BJM conversou com o Maxuel, ele disse que o dinheiro que entrou nos cofres da PMJ será para pagar a folha de funcionários e o duodécimo da Câmara de Vereadores, que passa dos 900 mil reais. “Não tem como passar uma previsão de data de pagamento dos terceirizados, por que não temos dinheiro suficiente. O valor que o município recebeu não é suficiente para arcar com as despesas”, disse Maxuel. Os terceirizados prometeram montar acampamento em frente ao prédio público até que os salários sejam pagos.